Gordura abdominal e os perigos para a saúde

A preocupação com a cintura vai além da estética: confira cinco motivos médico-científicos para se preocupar com a taxa de gordura abdominal

1.  Reduzir os ricos de ter Diabetes tipo 2

A gordura visceral fabrica substâncias que atrapalham funções vitais do organismo e migra de lá para o fígado, que produz mais glicose. Ela também libera ácidos graxos livres, que impedem a ação correta da insulina e faz com que sobre glicose no sangue. Isso pode causar diabetes tipo 2.

2. Reação em cadeia

Outra coisa que pode acontecer é reação em cadeia. Para eliminar todo o açúcar que corre no sangue, seu corpo produz muita insulina. Quando esse hormônio está em doses muito altas, o sistema nervoso entra em polvorosa, tentando ordenar mais contração dos vasos sanguíneos. Os rins, por sua vez, absorvem mais sódio. Está armado o cerco para a hipertensão.

3. Prevenção de infarto e derrame

Muita gordura em circulação significa muita molécula de LDL, o colesterol ruim. Ele pode se alojar na parede de um vaso, dando início a um processo inflamatório. Essa placa fecha o caminho para o sangue. Você pode ter infarto e derrame.

Gordura abdominal e os perigos para saúde

Gordura abdominal e os perigos para saúde

4. Segura a onda!

Alterações na pressão e nas taxas de açúcar são uma porta para casos de depressão. Sim, isso mexe até com a atividade cerebral, na medida em que os níveis de colesterol podem atrapalhar a síntese de neurotransmissores que regulam a sensação de bem-estar.

5. Aumento da libido

A gordura visceral mais os altos níveis de colesterol e triglicérides causam a perda da ereção e do tesão. Isso porque provocam a queda da produção de testosterona, diminuindo o desejo sexual.

– Exercícios para perder gordura localizada